História de Helma Ferreira de Souza fundadora  da Casa  Lar Ebenézer

 

Nascida na cidade de Jacarezinho, Estado do  Paraná, Helma Ferreira de Souza foi  criada juntamente com mais de 11 irmãos sustentados  graças ao trabalho desenvolvido pelos seus pais na roça.  Desde pequena Helma sempre gostou de crianças  tanto que quando tinha a idade de 9 anos já tomava conta de três sobrinhos. O tempo passou e Helma veio São Paulo e ficou na companhia de um de seus irmãos vindo a conhecer Fernando, que  encantado com a sua beleza não vacilou e logo a pediu em namoro . Após aproximadamente 1 ano e meio aconteceu o matrimônio que logo  o colocou em teste pois Helma resolveu trazer para junto dois sobrinhos. Após muito dialogo o casal resolveu  assumir a Tutela dos sobrinhos

 

Após dois anos de casados resolveram terem seus filhos biológicos totalizando três homens

Para um casal tão jovem qualquer pessoa diria que era o suficiente, no entanto o casal adotou mais duas  criança que hoje uma tem 25 anos e a outra 14 anos.

 

Se voceis acham que Helma  parou por ai você se engana, porque ela resolveu em 1997 ser voluntária em entidades que acolhem crianças e adolescentes. Pode  observar  muita coisa que com certeza poderia ser feito melhor, obrigando Helma a tomar uma decisão mais radical que foi de fundar um abrigo de crianças. Após varias reuniões com pessoas da comunidade a Sra. Helma Ferreira de Souza propôs a comunidade que se iniciasse o processo documental no sentido de se criar um abrigo de crianças, que tivesse  cara, tamanho,  jeito de casa e com regras bem definidas de organização e disciplina .

 

A Casa Lar Ebenézer foi fundada em 22 de abril de 1998 quando registrou sua proposta de trabalho no 1º Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Santo André. No dia 29 de abril de 1998 entregou o seus primeiros ofícios junto ao CMDCA, CMAS, Conselho Tutelar, com respectivas cópias da ata de eleição de diretoria, Estatuto Social, Relatório da Diretoria com suas qualificações, Plano de trabalho e a cópia da solicitação do CNPJ.

 

O que tem marcado o trabalho da Casa Lar  Ebenézer é o compromisso  assumido de trabalhar  com o envolvimento da comunidade cujo resultado tem feito a diferença para muitas crianças  que  por aqui passaram. O espaço permite a sociedade  o exercício de cidadania e o amor ao próximo.

 

Os números mostram que estamos  no caminho certo pois já passaram 270 crianças sob os cuidados de Helma e Fernando e a média de tempo em que as crianças permanecem é de 1 ano e 11meses cuja maioria retornou a família biológica.

 

Como diz o poeta: Cada um de nós constrói a sua história e carrega dentro de si o dom de como ser capaz de ser feliz.

 

           

 

REFLEXÃO : A serpente e o vagalume


O ideal seria que soubéssemos ajudar os outros a brilhar para que, assim, o nosso próprio brilho pudesse aumentar e servir de farol para outros tantos que ainda precisam de uma "estrela guia" à frente para saber o caminho a seguir.

Somos tão cegos em nosso orgulho e egoísmo que não percebemos que, ao invejar o brilho do outro, tentando impedi-lo de emitir sua luz, embotamos nosso próprio brilho, escondendo a nossa luz sob as trevas de nosso próprio ego. Não percebemos que também brilhamos, que em nós há a mesma luz e que só depende de nós fazê-la brilhar mais e mais longe e com mais intensidade, na medida em que colocamos o nosso brilho à disposição dos outros. Não entendemos que o nosso crescimento espiritual é diretamente proporcional ao crescimento espiritual dos que estão à nossa volta e que para crescermos é necessário que tudo o que está a nossa volta também cresça.

E o cúmulo da nossa ignorância é que não nos damos conta de que, por mais que a nossa luz seja abafada, por mais que nós a sabotemos com sentimentos pequenos, mesquinhos e egoístas, ela nunca deixa de brilhar. Deus não permite que ela se apague por completo, porque sabe que, mais cedo ou mais tarde, nós vamos despertar desse torpor doentio e vamos precisar dessa pequena faísca para saber por onde recomeçar.

Apesar de sermos nós os necessitados, é Deus que jamais perde a fé e a esperança em nós. Ele permanece sempre acreditando no nosso potencial, na nossa capacidade de vencer e no nosso discernimento para escolher o que é certo. Ele sabe que nada pode sobrepor-se à nossa natureza divina e espera incansavelmente pelo nosso despertar. Ele nunca nos abandona, muito embora nós mesmos, às vezes, façamos questão de virar-lhe as costas para reclamar e nos revoltar por achar que Ele nunca está por perto quando precisamos dEle.

Como crianças mimadas, não percebemos que Ele está sempre ali, no mesmo lugar, à mesma distância, bastando que nós mesmos nos viremos para nos aquecermos ao sol do seu amor infinito, evitando as sombras do nosso orgulho e o frio do nosso egoísmo.

O brilho de cada um é uma faísca do próprio brilho de Deus em suas criaturas. Cada vez que tentamos apagar o brilho de alguém, é contra o brilho de Deus que agimos. Cada vez que impedimos alguém de crescer, é contra a força de Deus em nós que agimos. Cada vez que sabotamos a felicidade de alguém, é a nossa própria felicidade que sabotamos, já que a fonte de toda a felicidade é uma só: o AMOR universal, DEUS.

Cada vez que deixamos a nossa serpente interna engolir o vaga-lume do próximo, é um farol a menos de que dispomos para iluminar a nossa estrada. Quando, na verdade, deveríamos sempre nos lembrar que, por menor que seja a luz do próximo, ela sempre poderá nos servir ao menos como a pequena chama bruxuleante que acende outra vela antes de se apagar.

 


                                                    

Casa Lar Ebenezer fundada em 1998
Rua Caconde, 232 - Vila lucinda - Santo André - CEP: 09250-104
Telefone: (11) 4475-1944 e-mail: casa@larebenezer.org.br
IMPACTRO Inform�tica SEO Produto Certo: Gerador de Sites com SEO